facebook +55 (21) 2225-7082 info.rfc.riofilme@gmail.com

Centro histórico de Conservatória

Price
Price
21 de fevereiro de 2019

Proceed Booking

Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

101

Why Book With Us?

  • No-hassle best price guarantee
  • Customer care available 24/7
  • Hand-picked Tours & Activities
  • Free Travel Insureance

Get a Question?

Do not hesitage to give us a call. We are an expert team and we are happy to talk to you.

1.8445.3356.33

Help@goodlayers.com

Sobre

Conhecida como Cidade da Seresta pela forte tradição musical, Conservatória é um distrito de Valença, cidade do Médio Paraíba fluminense. Localizada no vale da Serra do Rio Bonito, tem no total área de cerca de 240 km², e experimentou grande crescimento durante o ciclo econômico do café, período que deixou marcas até hoje preservadas no distrito.
Grande parte das casas de Conservatória mantém intacto o estilo colonial, havendo inclusive construções do século XVIII que conservam telhas assimétricas feitas na coxa dos escravos, como era padrão na época. As ruas principais da pequena localidade são feitas de pé-de-moleque, material que data ainda de quando o povoado era chamado de Santo Antônio do Rio Bonito, na época da colônia.
A lembrança da era do café é vista logo na entrada de Conservatória: a Rua das Flores abriga uma velha Maria Fumaça, instalada em frente à Estação Ferroviária de Conservatória, construída em 1883 e atual rodoviária. O transporte era um dos utilizados na linha ferroviária que ligava Rio e Minas Gerais, usada sobretudo para escoamento da produção de café.

Saiba Mais
  • O vilarejo conserva ainda algumas fazendas do auge da economia cafeeira, a exemplo da Fazenda São Paulo, construção de 800 alqueires construída no século XIX, e que mantém intactos a casa-sede, o engenho e o armazém de produção. A sede é um casarão imponente com portas e janelas em estilo neogótico, abrigando quartos, salas, alcovas e uma pequena capela, além de um pátio interno quadrado com fonte no centro. A Fazenda São Fernando, por sua vez, mantém registros do desenvolvimento da cidade, tendo sofrido alterações para se adequar à chegada da ferrovia em 1918, como a mudança de sua via de acesso para estar mais próxima aos trilhos. A casa-sede, localizada numa encosta, tem hoje uma varanda que contorna toda sua fachada frontal e lateral esquerda, dando um ar contemporâneo à construção do século XIX. A fachada é toda adornada com detalhes em azul, como o contorno das portas e janelas, e as paredes são de pau-a-pique, estilo construtivo da época. A fazenda mantém ainda uma vila de colonos, onde provavelmente se instalavam as senzalas no tempo do café.
  • A música é o maior atrativo de Conservatória, que embala seu cenário preservado de tempos passados. Nos finais de semana, seresteiros se reúnem em frente ao antigo Museu da Seresta, fechado em 2011, e seguem cantando e tocando pelas ruas do povoado. Muitos moradores afixam na fachada de suas casas uma placa com a música e o autor da seresta que gostariam de escutar quando os músicos passarem, numa festa que une toda a região.
Contato

Locação pública.

Mapa