pt-br facebook +55 (21) 2225-7082 info.rfc.riofilme@gmail.com
pt-br facebook +55 (21) 2225-7082 info.rfc.riofilme@gmail.com

A REAÇÃO DO SETOR AUDIOVISUAL EUROPEU À PANDEMIA DA COVID-19

Rio de Janeiro, 13 de maio de 2020. Em todo o mundo, a cadeia produtiva do audiovisual, profundamente abalada pela pandemia da COVID-19, traz questionamentos concernentes ao campo comportamental e ao campo econômico, uma vez que são notórios as mudanças de hábitos de consumo suscitadas que vão se firmar como tendência, a necessidade de recuperação dos segmentos e o resgate urgente dos profissionais da indústria.

A seguir, as últimas informações atinentes à indústria audiovisual de alguns países do território europeu:

 

ALEMANHA: Na tentativa de contornar as perdas do segmento de exibição, a região da Colônia testemunha o retorno dos cinemas drive-in. Com ingressos esgotados em todas as sessões que são oferecidas, os funcionários destes cinemas são equipados com itens de proteção individual e as bombonieres permanecem fechadas.

O governo alemão, através de órgão semelhante ao Ministério da Cultura, prepara um pacote de estímulo à produção audiovisual a ser lançamento no período posterior ao controle da crise sanitária.

Já o German Film Awards (Prêmio do Cinema Alemão, em tradução livre) manteve a decisão de realizar o evento, cuja cerimônia – sem presença de público – será televisionada. O intuito é permitir que a honraria, que distribui 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 19 milhões), seja mais um aporte financeiro ao setor audiovisual, uma vez que a premiação deve ser aplicada em novos projetos.

 

ESPANHA: A aliança entre Secuoya Fundación, CEIM (Confederación Empresarial de Madrid), CEPYME (Confederación Española de la Pequeña y Mediana Empresa), Spain Film Commission, PIAF – Productoras Independientes Audiovisuales Federadas, Academia de Cine e EGEDA – Entidad de Gestión de Derechos de los Productores Audiovisuales resultou na publicação de um guia de recomendações ao setor audiovisual para a execução de filmagens e gravações. A cartilha sinaliza a realização de testes da COVID-19 na frequência de 7 e 2 dias anteriores à filmagem, de modo a garantir a saúde dos profissionais em set.

 

FRANÇA: Em março, mês do início do confinamento, o país registrou 200 produções interrompidas, que estão sem perspectiva de retomada até o final de maio.

A 73ª edição do Festival de Cannes, inicialmente programada para o período entre 12 e 23 de maio, foi cancelada, sem sinalização de um lançamento de uma versão virtual do festival. Já o Marché du Film, ambiente de negócios tradicionalmente paralelo ao Festival, vai acontecer através de reuniões virtuais entre agentes e distribuidores, entre os dias 22 e 26 de junho.

A paralisação da operação de cerca de seis mil salas de cinema em virtude do contágio da COVID-19 provocou um aumento de 46% da audiência dos serviços de streaming. Em virtude do novo comportamento de consumo, a CNC (órgão que administra a política audiovisual na França) reavaliou a legislação que versa sobre o período de exclusividade de janelas.

Alguns grupos de mídia já indicam o reinício da produção de alguns formatos, como talk shows e conteúdo não-ficcional, que notavelmente requerem equipes mais reduzidas e infraestrutura mais simples.

 

ITÁLIA: A aliança entre a Netflix e 19 film commissions italianas tornou possível a criação de um fundo emergencial de auxílio a trabalhadores da indústria audiovisual daquele país, da ordem de 1 milhão de euros.

A ANICA – Associação Nacional da Indústria Audiovisual busca um entendimento com o Ministério da Cultura para revisão dos contratos de distribuição de filmes, uma vez que as obras não puderam ser lançadas no período da quarentena, concomitante ao prazo de execução destes contratos.

 

PORTUGAL: Tanto a Portugal Film Commission quanto o APTA – Agrupamento Português de Técnicos de Audiovisual elaboraram suas cartilhas como protocolos de prevenção do contágio. Entre as sugestões, listam: inclusão de profissionais de saúde e membros dedicados a cuidados sanitários nas equipes de filmagens (como técnico sanitário e socorrista), reavaliação do plano de filmagem prevendo tempo extra para controle sanitário,  higienização de materiais, equipamentos e ambientes, e obrigatoriedade do uso de EPI (equipamentos de proteção individual, como óculos de proteção, máscaras, luvas, cobre-calçado e álcool gel). Uma das medidas recomendadas é que todos os membros da equipe devem assinar uma declaração na qual confirmam integrar o início das filmagens sem apresentar sintomas de gripe ou outras doenças, e não ter regressado de viagem internacional nos 15 dias anteriores.

No dia 18 de maio, a TVI retoma as gravações de suas novelas, após a equipe ter realizado testes para o novo coronavírus.

A partir de 1º de junho, a Lisboa Film Commission passa a realizar atendimento não presencial através do endereço lisboafilmcommission@cm-lisboa.pt.

 

REINO UNIDO: Todas as filmagens no território foram suspensas em 23 de março.

As recomendações sanitárias para prática em set de filmagem estão em redação pelo Department of Digital, Culture, Media and Sport, que deve divulgar o documento oficial em 15 de maio. É sabido que os membros da equipe devem manter o distanciamento de 2m entre outros profissionais do set e que normas de higiene serão estipuladas. Um dos impasses do momento é a definição de marcos para as apólices de seguro relacionadas aos projetos.

O governo do país não vislumbra a abertura das salas de cinema antes de 4 de julho. Para atenuar as perdas do segmento, o BFI – British Film Fund direcionou um auxílio de cerca de £1.3 milhões (aproximadamente R$ 9 milhões) às empresas exibidoras.

 

Aos sinais de relaxamento da quarentena em países como Espanha e Itália, e consequentemente a retomada a atividade audiovisual, a rede de film commissions europeias (EUFCN – European Film Commissions Network) divulgou no início de maio uma série de recomendações de cuidados direcionados ao ambiente de produção. É importante ressaltar que estas recomendações não significam determinações legais, pois não foram validadas pelas autoridades sanitárias de cada país envolvido.

Protocolos e determinações de outros países da União Européia não citados no artigo podem ser consultados no site da EUFCN (https://eufcn.com/guidelines-production-during-covid-19/).

 

Prezado(a) leitor(a), obrigada por nos visitar. Caso tenha alguma colaboração ao artigo, não hesite em nos enviar: info.rfc.riofilme@gmail.com

 

Fontes consultadas:

– https://www.bfi.org.uk/supporting-uk-film/bfi-fan-covid-19-resilience-fund

https://cineuropa.org/en/newsdetail/387471/

https://cineuropa.org/en/newsdetail/387514/

https://www.dw.com/en/german-film-awards-adapt-to-coronavirus-crisis/a-53188913

https://www.dw.com/en/drive-in-cinemas-are-booming-in-germany-amid-covid-19-restrictions/a-53295181

https://www.france24.com/en/culture/20200506-encore-film-show-how-is-covid-19-impacting-the-french-cinema-industry

– https://www.gov.uk/government/publications/coronavirus-outbreak-faqs-what-you-can-and-cant-do/coronavirus-outbreak-faqs-what-you-can-and-cant-do

https://holofote.sapo.pt/televisao/2020-05-13-tvi-retoma-gravacoes-de-novelas-com-medidas-de-protecao/

https://holofote.sapo.pt/televisao/2020-05-11-afonso-pimentel-mostra-como-sao-feitos-os-testes-ao-covid-19/

– https://observador.pt/2020/05/07/espacos-equipamentos-e-servicos-municipais-de-lisboa-comecam-a-reabrir-a-partir-de-dia-18/

https://oglobo.globo.com/cultura/cannes-cancela-edicao-do-festival-em-2020-24420952

– https://www.screendaily.com/news/uk-government-confirms-film-and-tv-production-can-restart-within-social-distancing-guidelines/5149750.article

https://variety.com/2020/film/global/production-on-non-scripted-shows-restarts-in-france-1234598084/

 https://variety.com/2020/film/news/europes-film-commissions-set-basic-common-production-safety-guidelines-1234598092/

Leave a Reply

Calendário

maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31